Avançar para o conteúdo

Salada Agridoce de Repolho – Receita do Panelaterapia

    Nos últimos dias, assisti a um programa de culinária que me inspirou a relembrar e preparar uma salada de repolho refrescante com um toque oriental. O repolho, um alimento cultivado há milhares de anos, foi parte essencial de diversas culturas ao longo da história. Desde os egípcios até os indianos, o repolho era consumido de diferentes formas, seja fresco, cozido ou em conserva.

    A salada de repolho moderna tem suas raízes na Europa, especialmente em países como Holanda e Alemanha, e foi levada para as Américas por imigrantes, mantendo-se como uma lembrança cultural. A minha própria versão da salada de repolho envolve fatiar finamente o repolho e preparar um molho com gengibre, shoyu, vinagre, açúcar e outros temperos a gosto.

    Após regar o repolho com o molho, o ideal é deixar refrigerando por algumas horas para a mistura de sabores se intensificar. O resultado é uma salada leve, saborosa e com um toque exótico, perfeita para os dias quentes. Essa receita é diferente da conhecida Coleslaw americana, sendo mais fresca e menos cremosa, agradando até mesmo aqueles que não são fãs de repolho.

    Se você apreciou essa sugestão culinária, deixe seu comentário e compartilhe suas experiências ao prepará-la. Se quiser introduzir novos sabores aos mais céticos em relação a saladas, não deixe de conferir esse prato irresistível que compartilho em vídeo. A gastronomia nos permite explorar novas experiências e sabores, mesmo os mais tradicionais e clássicos, como a humilde salada de repolho.

    Apresentamos um post que convida à interação dos leitores! A autora, Tatiana Romano, moradora de Sorocaba, mudou de profissão, deixando a Psicologia e o ensino, para focar em sua paixão por culinária e seu blog. Desde 2009, ela se dedica a cozinhar, fotografar, escrever e enfrentar desafios relacionados à balança.