Avançar para o conteúdo

esta é a nova loja Jon Cake em Les Corts

    A data de abertura foi adiada, mas finalmente conseguimos entrar Jon Cake & Wineso novo espaço que o chefe de pastelaria jon garcia acabou de abrir em Les Cortes. Mais um templo entregue ao bolos de queijo mas, desta vez, com uma proposta que vai muito além, pois o que ele propõe é saborear seus bolos acompanhados de um carta de vinhos muito pessoal. Finalizando os detalhes do local, Jon nos recebe antes da esperada inauguração —19 de janeiro— e nos conta tudo o que há para saber sobre este novo projeto que une duas de suas paixões e que tantos esforços lhe custaram.

    Onde está localizada?

    No rua gelabert42, no bairro Les Corts e bem próximo ao Praça Francesc Maciàque após a abertura da loja gourmet em Camarasa Frutas e o primeiro lugar de Notícias & Café, entre outros, começa a tornar-se um pequeno enclave gastronómico a ter em conta. “Queríamos sair da zona baixa de Barcelona —sua primeira loja fica na rua Assaonadors, no Born— e procurar um bairro totalmente diferente. Esta zona é mais tranquila, com escritórios, residências… Então podemos ter dois pontos diferentes em Barcelonaalgo que também nos permite cobrir mais áreas e reduzir os custos de envio no caso de entrega”, diz García. Lembre-se: tem um espaço de carga e descarga na frente, para quem vai de carro.

    Como é o espaço?

    Jon Cake & Wines em Les Corts / Foto: Gala Espín

    Com uma produção de mais de mil bolos por semana, era inegável que o projeto Jon Cake precisava crescer e ter uma oficina maior. Neste novo local, eles reúnem um oficina à vista, que lhes permitirá produzir “duas ou três vezes mais”, segundo García; um grande balcão com exibição de bolo e área de vendas e, o mais inovador, um espaço degustação com mesas.

    O design interior é acolhedor, moderno e brinca com a madeira. Um espaço que convida a ficar e a saborear as suas porções de queijadas acompanhadas de um bom vinho (de quinta a segunda das 10h30 às 20h30). Também é projetado para adaptar e hospedar degustações. “A meta é terminar 2023 fazendo duas degustações por semana: bolos, queijos, com ou sem vinho, café… Agora já não há limites, finalmente temos o espaço que queríamos para poder brincar”, refere.

    Que bolos você pode comer?

    Jon Cake & Wines em Les Corts / Foto: Gala Espín

    O sucesso de Garcia se deve a seguir a receita de cheesecake estilo basco, com o seu toque pessoal e secreto com que consegue um bolo saboroso, aromático e equilibrado, mas com muito sabor a queijo. Mas, acima de tudo, a bomba de Jon Cake é que ele inovou ao usar mais de 200 referências de queijos artesanais, nacionais e internacionais: Appenzeller AOP, Cabrales, Taleggio AOP, etc. A lista é longa.

    A Jon Cake & Wines tem um cardápio próprio de bolos fixosdiferenciado do Born: um bolo de queijo azul, neste caso valdeon, da zona dos Picos da Europa; outro de São Simão, queijo de vaca fumado galego; outro de queijo manchego; e um de chocolate preto. “Como temos um serviço de cafeteria, talvez um pouco mais de bolo fixo, como café e tiramisu, embora isso ainda esteja para ser visto.” E, obviamente, todos os bolos especiais que o mestre pasteleiro inventa e elabora.

    Com que tipo de vinhos harmonizam?

    Jon Cake & Wines em Les Corts / Foto: Gala Espín

    aliou-se com ruben polque foi Sommelier da Disfrutar** por sete anos, e Lúcia Viz, responsável pelo projeto de consultoria Partners in Wine, para configurar a carta de vinhos destas novas instalações. “Ele nos disse o que queria fazer e como era, e fizemos uma carta sob medida para ele. É uma carta que o representa muito, com toques como a presença de vinhos xerez pelo vidroalgo que não é comum em Barcelona”, diz Viz.

    Ao todo, são cerca de 65 referências de vinhos engarrafados e entre 15 e 20 referências a óculos: espumante, vinhos xerez —generoso e doce— e tintos, brancos e rosés internacionais. “Assim como seus bolos, que são feitos com queijos de todo o mundo, o que temos feito é tirar o melhor de cada lugar”, reconhece Viz. São também vinhos de pequenos produtores, projetos únicos e com carácter que permitem boas harmonizações, sejam clássicas ou mais arriscadas. Combinando um cheesecake de chocolate com xerez ou vinho tinto? Aqui é possível.

    A carta está escrita tanto para os amantes do vinho como para os neófitos, para que seja “fácil levar vinho” a todos, diz Viz, e com referências que não são muito caras nem muito difíceis. “Eles circulam entre € 18 e € 20, a garrafa mais barata, e cerca de € 120 para a mais cara.” A referência mais especial? “Um Izar-Leku, um espumante do País Basco em homenagem às origens de Jon.”

    Também existem espíritos…

    Jon Cake & Wines em Les Corts / Foto: Gala Espín

    A parte alcoólica é complementada pelos seis destilados que García vem criando junto com Carlos Boninde La Destilateca: de beterraba e ervilhas, boleto e café, Bolo Casar com trombetas da morte e nibs de cacau, flores e, o mais novo, o de cabrales com chocolate e o de kumquat, que também será o mais fixo. O restante vai rodar porque sua produção é limitada. “Também são uma marca da casa, até agora só vendíamos garrafas e agora vamos promover as vendas a copo. Queremos que também tenham movimento, tal como bolos, vinhos, etc.”, aponta García.

    E se eu não quiser vinho?

    Jon Cake & Wines em Les Corts / Foto: Gala Espín

    O horário das novas instalações também lhes permite aproveitar a hora do café e para isso contam com Torradores de Café Tornado Cafe, uma micro torrefadora artesanal de cafés especiais sediada em Granollers. Quem não quer vinhos também encontrará outras bebidas que se encaixam na sua filosofia e no seu compromisso com pequenos produtores locais: refrigerante de caravela Cervejaria e kombuchas de AMEIambos em Barcelona, ​​​​sucos naturais sem aditivos e cervejas artesanais de brebeluma cervejaria de Lleida que ajuda a financiar projetos de integração social, trabalhista ou ambiental.

    O que acontece no Nascido?

    Atualmente, a primeira oficina de Jon Cake (Assaonadors, 29) está em obras, para se ajustar à mesma imagem das novas instalações em Les Corts, mas calculam que em 31 de janeiro reabrirá. “É apenas um renovação estética, o resto permanecerá o mesmo“, diz García, e explica que manterão o mesmo volume de produção que já faziam, embora digam que pode cair um pouco e que as novas instalações os ajudarão a descongestionar. De qualquer forma, afirma, é um local “que vai continuar a funcionar muito, porque é uma zona com muitos turistas.