Fátima, a famosa confeiteira de Guadalajara que faz todos se apaixonarem e também triunfa no Natal : Receitas de Bolo - Bem Vinda Serafina

Receitas de Bolo | Fátima, a famosa confeiteira de Guadalajara que faz todos se apaixonarem e também triunfa no Natal

| Fátima, a famosa confeiteira de Guadalajara que faz todos se apaixonarem e também triunfa no Natal |

Fátima, a famosa confeiteira de Guadalajara que faz todos se apaixonarem e também triunfa no Natal


REPRODUÇÃO/DIVULGAÇÃO

Compartilhe:
Serafina



Publicidade

Fátima, a famosa confeiteira de Guadalajara que faz todos se apaixonarem e também triunfa no Natal

“Sempre estive entre cestos de pão e farinha. Ia para a escola e lembro-me de dizer: ‘Que rolo, tenho de ir para a escola e o meu pai está a fazer pãezinhos'”, é assim que a pastelaria Castelhano-La Mancha chefe de cozinha Fátima Gismero Defina sua infância. Deles paixão para trabalhar em uma oficina cresceu com ela desde que seus pais abriram uma padaria na pequena cidade de pioz (Guadalajara) devido à escassez de padeiros na cidade. “Quando íamos comprar não havia pão, nunca havia pão”, destacou Fátima, que aos 40 anos está conquistando suas criações e coloca o “sabor” no centro de seu precioso ofício. o Natal Está a ser um momento espetacular de sucesso para os locais de Fátima, que têm trabalhado a todo o gás nestas últimas semanas de total intensidade.

A iniciativa da família de Fátima ao fundar esta empresa familiar há 27 anos, levou-a a pastelaria olympus Depois de ser o vencedor no ano passado do Prémio ‘Chef Pastelaria Revelação’ na última edição do certame realizado no Madrid Fusión, notícia que lhe foi comunicada jos carlos capelPresidente da Madri Fusão.

Com base neste importante reconhecimento de 2021, o sucesso da oficina de Fátima só tem crescido, e as vendas e as visitas dispararam, assim como as encomendas de alguns restaurantes. “Estamos lotados, o telefone não para de tocar”, declarou na ocasião após receber o prêmio. Muitos madrilenos Hoje em dia vão a Pioz degustar doces tão elaborados e, já, tão prestigiosos. Suas vendas também funcionam pela internet em locais como Logronho, Lastres ou Durango, para citar três exemplos notáveis. O estabelecimento de Fátima é um local de “peregrinação dos pastéis”.

Um prêmio que, segundo Gismero, “Mudou totalmente a vida dele”, não só pelo aumento das vendas, mas também pelo impacto do negócio a nível profissional. “Nunca pensei que um dia José Carlos Capel viesse me ligar para dizer que fui nomeado ‘Chefe de Pastelaria Revelação’ no Madrid Fusión. Chorei que não tinha consolo”, disse o chef de pastelaria em entrevista ao EL ESPAÑOL EL DIGITAL CLM.

Publicidade

A partir dos 16 anos formação como pasteleiro

Fátima Gismero, que emoção transparece quando ele fala sobre sua profissãoacho que isso também é uma prova de que o tempo de treinamento e esforço Aquele depositado para fazer o que se gosta tem sua recompensa porque, como ele diz, “quem quer alguma coisa, lhe custa algo”.

As lembranças de sua formação remontam à infância, quando Fátima era 16 anos e decidiu iniciar uma formação de três anos como chefe de pastelaria no Eescola de Madriperíodo em que pedia a seu professor que realizasse esse trabalho em outras empresas para conhecer o funcionamento de outras oficinas, pois seu objetivo era “aprender”.

Trajetória em Barcelona

Esta fase de aprendizagem prolongou-a em Barcelona até os 37 anos, cidade em que estudou por quatro anos ao mesmo tempo em que trabalhava, juntamente com profissionais como Carlos Mampele deu aulas sobre a profissão em diferentes escolas antes de substituir os pais na pastelaria de Pioz, onde trabalhava alguns fins de semana quando voltava para casa.

“Enquanto estudava em Barcelona, ​​estava em Mugaritz aprender como tratavam e utilizavam as técnicas de fermentação e insulinas, todo este tipo de produtos que sempre foram utilizados na indústria mas não tinham sido aplicados em cozinhas e pastelarias. São fibras que dão textura e sensação como se fossem gordura mas parece que é um creme que não contém nada. São técnicas que melhoram os produtos”, explica Fátima.

“Mantendo a tradição castelhana-mancha”

A partir de avô e pai padeiros, Fátima foi claro muito cedo. A ambição de não perder o negócio da família a fez voltar para a cidade de Guadalajara, quando seus pais decidiram se aposentar, sem saber o que a carreira de dona desse negócio lhe traria.

Diante da incerteza de não saber como os clientes seriam recebidos após essa nova mudança, Fátima decidiu aumente a variação de seus produtos e combineem sua elaboração, o técnicas mais tradicionais com outras mais elaboradas. “Para mim, uma das coisas mais importantes é manter a nossa tradição, não só a da minha família mas a tradição castelhano-mancha, porque sem tradição não há evolução”, salientou, acrescentando que a sua prioridade é continuar mantendo as receitas de seus avós.

As “abelhinhas”, seu principal produto

Dentro da amostra de produtos que oferece, Fátima destaca-se como um dos mais bem sucedidos “as abelhinhas”. Trata-se de um chocolate feito com mel de La Alcarria e um creme de chocolate com mel para que os clientes conheçam também os produtos daquela zona castelhana-mancha “Foi o primeiro produto que fizemos”, sublinha. Aliás, Fátima é Embaixadora do Mel de Alcarria.

Donuts, bolos, pasta de amêndoa, bolos variados, além de panetones, torrones de diversos estilos e maçapão, são outros produtos que podem ser encontrados no balcão da Pioz e também através de suas pagina web, uma iniciativa que lhe permite divulgar os seus doces em vários pontos do país. Também tem muitas vendas de panetones e torrones de palmeira, um doce especial que prepara no Natal.

enfrentando um futuroFátima pretende realizar vários projetos que ainda são “secretos”. “Um deles tem muito a ver com a minha terra e outro também tem muito a ver com a tradição, com tudo o que quero transmitir às pessoas: “Não temos de deixar a tradição de lado”, diz.

o qualidade É o grande eixo do seu profissionalismo. Um bom exemplo é a iniciativa lançada pela vinícola Fazenda Rio Negro, o projeto localizado em Cogolludo (Guadalajara) a 1.000 metros acima do nível do mar da família Fuentes, com fatima: recentemente apresentaram uma edição limitada de Natal com a referência mais emblemática da vinícola: 5º ano, o emblemático vinho tinto da empresa, de produção limitada, e os polvorones da padaria. Um luxo em Castilla-La Mancha, muito perto de tudo.

Siga os tópicos que lhe interessam



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Recomendamos


Outras Receitas de Bolo




Publicidade

Mais Recentes